31.1.15

planejamento p'ra quê mesmo?

Nunca soube fazer planos. Pautar as escolhas baseadas um tanto em ideias... Porque realmente a pessoa pode colar contigo e topar todos os seus "futuros". E depois de uns dias fechar a porta sem nem olhar p'ra trás. Deu muito certo em vários momentos, evitou muita frustração... Mas em tantos outros parecia realmente caminhão desgovernado descendo a ladeira. Se é possível admitir qualquer outra coisa em relação a correr que não seja que eu sofro, é o fato de que a corrida me trouxe alguma organização e um punhado de planejamento. Organização, que me é coisa rara, aparece quando eu encaro meus treinos... Quando tem prova. Até quando eu tenho preguiça. Já o planejamento eu incorporei... É olhar p'ra vida, p'ro ano, p'ro corpo... E pensar onde eu quero chegar e qual vai ser então o caminho... Meu planejamento de 2015 está pronto, eu estou treinando e as coisas estão acontecendo. É bacana ter algum mínimo controle da situação. Ocorre que em se tratando de corrida, planejei a primeira Meia Maratona na Farol a Farol de Salvador e não rolou. Lesão, blé. Depois me organizei toda p'ra Meia de Paris e também não vai rolar... Garota de sorte, eu sou. De brinde, da vida, ganhei a possibilidade imposta de aprender a lidar com a frustração... Pior parte. A mais dura...

Um comentário:

Edu Rei disse...

Não sei se vc vai ler o meu comentário, uma vez que não vejo movimentação no seu blog desde o início de 2015..... Tenho muuuitas lembranças suas e em muita coisa que vc escreveu no seu blog, desde o início, eu me identifiquei contigo! Como não lembrar de vc Morena! Éramos pre adolescentes quando nos conhecemos e começamos a namorar ..,,, aliás, minha primeira namorada ..... Tudo tao bom é inocente ..... Tenho até hoje um livro do colégio Salete com uma redação sua publicará onde lá está uma das cartas que escreveu pra mim ! Nunca me esqueço daquele momento .........bom fico por aqui ... Um dia, se eu tiver coragem, entro em contato contigo pra tentar ouvir de novo a sua voz ! Ah, como é o destino né .... Uma vez, em 2009, eu estava chegando para trabalhar quando te vi do outro lado da rua .... Eu acho que vc também me viu.... Mas é a vergonha de falar contigo, o que falar ? Como começar ? É difícil quando a pessoa em questão ainda te traz boas lembranças ..... Um grande beijo ! Tenho muito carinho por vc !